top of page

Poejo - Mentha Pulegium

O Poejo é caracterizado por ser uma planta medicinal, com propriedades medicinais conhecidas e transmitidas ao longo das gerações.

É umas das plantas mais conhecidas do do género Mentha que possuí uma série de propriedades muito apreciadas pela população.

O poejo adapta-se bem a climas amenos e húmidos, com muita luminosidade e meia sombra. Não tolera geadas severas pelo que deve plantar poejo num local abrigado.

nas épocas de chuva não necessita de se preocupar com esta tarefa. No Verão, regue pelo menos uma vez por dia.

O Poejo é uma planta aromática, perene e que cresce muito bem em lugares úmidos ou junto de cursos fluviais.

Seu talo é retangular, bem ramificado, e podem medir de 30 a 40cm de altura.


Cuidados

Luminosidade: Meia Sombra, Sol Pleno.


Rega: Deve ser irrigado regularmente. Na época da seca é preciso regar o poejo no mínimo 2 vezes ao dia.


Clima ideal: Prefere o clima ameno ao calor.


Podas: Outra característica é que a hortelã precisa ser podada, e a poda deve ser radical.


Caraterística

Nomes Populares: Poejo.


Nome Científico: Mentha pulegium.


Família: Lamiaceae.


Origem: África, Europa, Mediterrâneo, Oriente Médio.


Crescimento da planta: O poejo é uma planta herbácea, rizomatosa, aromática e medicinal, relacionada com a hortelã (Mentha spicata) e originária da região do mediterrâneo e oriente médio. De crescimento cespitoso, apresenta ramos quadrangulares, eretos e ramificados, que chegam a 40cm de altura.


Quando da Flores? Floresce no verão e no outono.


Folha: A folhas são pequenas, opostas, delicadas, lanceoladas, pilosas, com margens denteadas e de cor verde.


Flores: inflorescências globosas e densas, que parecem pequenos “pompons”, com flores bilabiadas, róseas ou arroxeadas, de longos estames.



0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Conheça nossos produtos