top of page

Dracena baby - Cordyline terminalis baby

A Dracaena marginata, também conhecida popularmente como Dracena-de-madagascar ou dracena baby é uma planta de origem africana que pode medir de 0,6 a 6,0 metros.

Devem ser cultivadas sob sol pleno ou sombra parcial, em solo fértil, leve e enriquecido com matéria orgânica, com irrigações periódicas. Planta tipicamente tropical, não tolera o frio ou ventos fortes.


Esta dracena é excelente para ser cultivada em interiores, em ambientes com boa iluminação, além de vasos grandes, que permitam seu desenvolvimento saudável.

No paisagismo, destaca-se plantada isolada ou em grupos, em jardins contemporâneos, tropicais e de pedras.

A manutenção restringe-se à remoção das folhas baixas e velhas, adubações anuais, além das regas semanais. Seus ramos podem ser tutorados para que fiquem retorcidos, de efeito mais escultural.

As regas devem ser regulares, mantendo o solo levemente úmido.

Cuidados

Luminosidade: Meia sombra.


Rega: As regas devem ser regulares, mantendo o solo levemente úmido. Não tolera o encharcamento. Se o tempo estiver seco, pulverize as folhas com água.


Clima ideal: Tropical, Subtropical.


Podas: Para obter plantas de aspecto escultural, mais cheias e ramificadas, basta fazer sucessivas podas do caule principal e nas ramificações posteriores, estimulando assim um maior numero de brotações. Para que haja ramificações baixas, muitas vezes torna-se necessário uma poda drástica, pouco acima do solo.


Caraterística

Nomes Populares: Dracena baby.


Nome Científico: Cordyline terminalis.


Família: Asparagaceae.


Origem: Índia, Malásia e Polinésia.


Crescimento da planta: Até 1 m.


Quando da Flores? Outono.


Folha: Folhas coriáceas, vermelhas acobreadas e espessas com pontas pendentes e concentram-se no poro terminal, formando tufos e rosetas.


Flores: Inflorescências longas, terminais, com flores sem importância ornamental.

5 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Conheça nossos produtos