top of page

Dionela

A Dionela é uma planta herbácea, perene, rizomatosa e entouceirada, nativa da Austrália e Tasmania, que vem conquistando os jardins brasileiros, como um excelente forração. A forma mais frequente em cultivo é a variegata, com as margens das folhas de cor branca mas tem também da cor verde.



Adornos em Jardins

A Dionela pode ser perfeitamente usada no paisagismo no Brasil porque o nosso clima favorece o bom desenvolvimento dessa planta. Aliás, ela é considerada uma das melhores para fazer forrações. Os seus rizomas merecem atenção, de onde saem as folhas, elas são, normalmente, muito carnosos.

É uma planta curinga, se encaixando em diferentes estilos de jardim, como contemporâneo, oriental, tropical, etc. Também pode ser plantada em vasos e jardineiras, trazendo luminosidade para ambientes internos.



Cuidados

Luminosidade: Sol pleno e meia sombra.


Rega: Quando ainda jovens ou recém plantas , o molhamento é diário, mas planta adulta já formada não é exigente em muita água.


Clima ideal: Equatorial, Mediterrâneo, Oceânico, Subtropical.


Aceita Poda? Sim.


Características

Nomes Populares: Dionela.


Nome Científico: Dianella tasmanica.


Família: Xanthorrhoeaceae.


Origem: Austrália, Oceania, Tasmania.


Crescimento da planta: Cerca de 40cm.


Folha: Dos rizomas carnosos, surgem as folhas, que são verde escuras, longas e estreitas, com margens finamente serrilhadas. Elas alcançam até 80cm de comprimento e 5cm de largura .


Flores: As inflorescências são do tipo espiga, com pequenas flores azuis no ápice, com importância ornamental secundária.


Atrai pássaros? Não.


Atrai borboletas? Não.

7 visualizações0 comentário

Comments

Rated 0 out of 5 stars.
No ratings yet

Add a rating

Conheça nossos produtos

bottom of page